Português English Español

Encontre no Pantanal

Cidades do Pantanal

O Pantanal

Pescaria

Info

Home › Lorem Ipsum › Cidades

Cuiabá-MT
Grande centro urbano da região Centro-Oeste do Brasil, Cuiabá é o ponto de partida para vários pontos turísticos do Estado de Mato Grosso.

Informações

Área:
3 538,167 km²
Densidade:
155,83 hab./km²
Clima:
Tropical Quente
Site Oficial:
População:
551.350 habitantes
Altitude:
125 m
Fuso-horário:
UTC-4
E-mail Oficial:

Grande centro urbano da região Centro-Oeste do Brasil, Cuiabá é o ponto de partida para vários pontos turísticos do Estado de Mato Grosso. A capital do Estado tem localização privilegiada, pois situa-se no portal da Amazônia, na entrada do Pantanal e a poucos quilômetros da famosa Chapada dos Guimarães, os principais destinos turísticos da região. Centro de todas essas atrações, Cuiabá carrega em seu casario histórico, nas igrejas e ruas, as marcas do passado de exploração de ouro e grandes disputas territoriais, em especial na Guerra do Paraguai.
Cortada pelo Rio Cuiabá, um dos principais afluentes do Rio Paraguai, Cuiabá tem entre suas principais atrações turísticas, culturais e históricas a Igreja do Rosário e São Benedito, construída pelos escravos no século 18; o Museu de Pedras Ramis Bucair, Museu do Rio Hid Alfredo Scaff, Museu do Morro da Caixa D’Água, Centro Geodésico da América do Sul, o Museu Rondon do Índio e a Praça da Catedral. A cidade é bastante procurada para o turismo de negócios e eventos e foi escolhida pela FIFA para sediar a Copa do Mundo de Futebol de 2014, que será realizada no Brasil.

Manifestações Culturais Cuiabanas

Cururu
O Cururu é formado por danças e toadas. Só os homens podem participar e as músicas são tocadas na viola de cocho, no adufe e no ganzá. A viola de cocho, no Cururu, possui cinco cordas duplas.

Siriri
Homens e mulheres dançam em fileiras e roda. Suas músicas são cantadas ao som da viola de cocho, do ganzá e do tamburi. O Siriri de roda possui coreografias simples, danças em movimentos de rodas ao pares e os dançarinos tocando com as mãos palmadas, dos outros dançarinos da roda, da esquerda para a direita. O Siriri de fileira é organizado em duas fileiras, uma de frente para outra (homens de um lado e mulheres de outro).

Rasqueado Cuiabano
O Rasqueado Cuiabano é um ritmo que surgiu da junção da música e da dança da polca paraguaia, dos paraguaios que ficaram presos aqui durante a Guerra do Paraguai e do Cururu e Siriri dos ribeirinhos cuiabanos.

Outras danças
Além do Cururu, do Siriri e do Rasqueado, Cuiabá ainda oferece o Boi a Serra, a Dança de São Gonçalo, o Chorado, a Dança dos Mascarados, a Dança do Congo, a Dança dos Lenços, o Lundum, o Lambadão entre outras.

Culinária
Maria Isabel, Farofa de Banana, Mojica e Moqueca de Pintado, Pacu assado, Furrundu de Mamão, Bolo de Arroz, Pacu na folha de bananeira, Carne seca com banana, Paçoca de carne seca, Francisquito, Arroz com pequi, Frango com pequi, Lingüiça cuiabana entre outras.

Artesanato
O artesanato cuiabano é conhecido especificamente pela viola de cocho e pelas redes bordadas que hoje fazem sucesso inclusive no exterior. Além disso tem as bonecas de pano, artesanato em madeira como canoas, pilão, cerâmica (potes, panelas de barro, vasos, jarros, moringas, etc), trançados feitos de fibras vegetais de taquara, buriti e urumbumba para confecção de cestarias e móveis.

Fonte: http://www.cuiaba.mt.gov.br/