Português English Español

Encontre no Pantanal

Cidades do Pantanal

O Pantanal

Pescaria

Info

Home › Notícias
10/07/2014

Projeto irá beneficiar comunidade pantaneira com a construção da sede de sua associação

Comunicação Ecoa



Reunião com os representantes da comunidade no local onde será construída a sede da Associação
A Comunidade do São Francisco, distante 140 km de Corumbá pelo rio Paraguai, localizada na região da Serra do Amolar, extremo oeste do Pantanal em Mato Grosso do Sul, conquistou a aprovação do projeto que irá viabilizar uma sede para a Associação dos Ribeirinhos do São Francisco.

Esta iniciativa conta com o apoio do Centro de Apoio Sócio Ambiental (CASA), e possui como objetivo a construção de uma sede para a associação de moradores da comunidade, fortalecendo o processo associativo e o reconhecimento dessa população tradicional e a garantia de seus direitos básicos.

André Luiz Siqueira, Diretor Presidente da Ecoa, explica que a construção da sede é um marco importante para os moradores da comunidade, pois vem resistindo a processos contrários a sua permanência na região.

“Esta sede simboliza a resistência e sucesso dessas famílias pelo território que lhes são de direito. Mostra níveis organizacionais que avançam na perspectiva de buscarem políticas locais que por anos os mantiveram na marginalidade e invisibilidade da sociedade”, explica André.

A estrutura funcionará também como um receptivo turístico, já que desde 2013 as comunidades da Serra do Amolar, que participaram de um projeto pioneiro de Turismo de Base Comunitária no Pantanal (clique aqui e conheça mais sobre esta iniciativa), executado pela Ecoa, desde então passaram a trabalhar esta atividade com pequenos grupos turísticos.

“As pessoas que desejarem realizar este tipo de turismo terão mais condições, mesmo que ainda muito simples e informações sobre esta atividade e consequentemente receberão um melhor atendimento na comunidade, que já é conhecida pela sua receptividade e pelo carisma de seus moradores, e que deve melhorar ainda mais com a construção dessa estrutura física”, ressalta.

A previsão que até Outubro de 2014, toda estrutura da sede da comunidade esteja finalizada para o início dos trabalhos na região.

Compartilhe: