Português English Español

Encontre no Pantanal

Cidades do Pantanal

O Pantanal

Pescaria

Info

Home › Notícias
22/07/2014

Para incentivar o turismo, Ludio diz que vai despachar uma vez por ano em Vila Bela

Assessoria / Jornal Oeste



Foto: Assessoria
Ao participar da tradicional "Festança de Vila Bela da Santíssima Trindade", o candidato a governador Lúdio Cabral (PT) anunciou nessa segunda-feira (21) que pretende transferir, pelo menos uma vez ao ano, a estrutura administrativa do Estado para despachar no município que foi a primeira Capital de Mato Grosso.

A ideia de Lúdio é que o staff do Executivo estadual seja alocado no município durante o aniversário da cidade, comemorado em 19 de março e ao longo das festas que ocorrem anualmente no penúltimo final de semana de julho.

"Vai ser um resgate histórico para a cidade que foi a nossa primeira Capital. A maior riqueza da cultura negra e Chiquitana estão aqui. É preciso reconhecer isso e a capacidade que o município tem para impulsionar o turismo", afirmou Lúdio.

O vice-prefeito de Vila Bela Santíssima Trindade, André Bringsken (PMDB), ressaltou que Lúdio demonstra toda capacidade necessária para fazer de Mato Grosso referência nacional pelos projetos que têm apresentado para o turismo e também para outros setores.

"O meu apoio ao Lúdio ocorre para ver Mato Grosso crescer. Essa atenção especial que ele vai ter com a primeira Capital que já tivemos no Estado vai impulsionar o turismo na região. Aqui temos em um raio de 80 km os quatro biomas, além de uma história belíssima que precisa ser contada".

A rainha da festa de 2015, dona Nimésia Profeta Ribeiro, que neste ano recebeu em sua residência toda população e visitantes para o tradicional café da manhã, comemorou a iniciativa de Lúdio e explicou que a atitude contribuirá para manter vivos os 280 anos da Festança.

"Essa festa ocorre antes de Vila Bela ser Capital. Era um lazer dos escravos. Tenho certeza que isso vai garantir a valorização da nossa cultura que vai repercutir até fora do país. Temos uma igreja com uma das memórias vivas mais atingas, que com estrutura necessária vai receber gente do mundo inteiro", destacou dona Nimésia.

A construção citada por dona Nimésia são as ruínas de uma catedral do período colonial, erguida pelos escravos em 1752, localizada no centro da cidade. Lúdio, ao visitar o local, frisou a importância de reparação e reforma da cobertura da igreja. "Estamos em um patrimônio da humanidade que o mundo inteiro precisa conhecer", finalizou o candidato, que participou da Festança acompanhado dos deputados federais Valtenir Pereira (Pros) e Ságuas Moraes (PT).

Compartilhe: