Português English Español

Encontre no Pantanal

Cidades do Pantanal

O Pantanal

Pescaria

Info

Home › Notícias
11/08/2014

Exército é chamado para combater pesca predatória na fronteira com Paraguai

Lielson Tiozzo Pesca e Companhia



Foto: Pesca e Companhia
Homens do Exército se juntaram aos da Polícia Militar Ambiental do Mato Grosso do Sul para combater um forte esquema de pesca ilegal feito por paraguaios no Rio Apa, nas proximidades de Porto Murtinho (MS), na fronteira com o Paraguai. Eles apreenderam cerca de 1 km de redes, que estavam presas de um lado ao outro do rio.

Em nota, a PMA informa que recebeu denúncias de que os estrangeiros estavam atuando com frequência em uma determinada área e sempre com apetrechos proibidos. O exército foi chamado na última sexta-feira, 8, para prestar auxílio bélico, uma vez que os policiais podiam encontrar paraguaios bem armados e prontos para atirar.

“O exército apoiou a PMA, em virtude de que é comum, quando os policiais encontram este tipo de material armado por paraguaios, os pescadores ficarem do lado do país vizinho e atirarem nos policiais. Dessa forma, há necessidade de gente e armamento adequado para este tipo de operação. Formamos um contingente de 12 homens ”.

As redes foram apreendidas e levadas para o quartel da PMA em Porto Murtinho e serão descaracterizadas e recicladas. Peixes vivos que estavam presos no material foram soltos no rio.

“A forma em que os petrechos estavam armados é extremamente depredadora, pois não há como os cardumes passarem sem serem pegos pelas redes, pois haviam petrechos de vários tamanhos de malha, com capacidade de captura de peixes grandes e pequenos”.

Compartilhe: